Alimentação da gestante, potencial inflamatório e aspectos emocionais nos filhos

O neurodesenvolvimento inicia na vida fetal com numerosos processos que continuam até a adolescência. Há associações que ligam a dieta materna durante o pré-natal com o neurodesenvolvimento infantil, sendo a alimentação desequilibrada um fator que pode comprometer o desenvolvimento cerebral e neurocomportamental. Em crianças e adolescentes, transtornos de ansiedade, depressão e transtorno de atenção e hiperatividade (TDAH) são condições que podem afetar o bem-estar, o desempenho escolar e as relações sociais, inclusive mais tarde na vida.

Para avaliar as associações entre a qualidade da dieta, potencial inflamatório durante a gravidez e sintomas emocionais e comportamentais nos filhos entre 7 a 10 anos de idade, foi realizada uma meta-análise, com total de 11.870 pares mãe-filho de quatro coortes europeias do projeto ALPHABET. A qualidade da dieta foi analisada com base no escore Dietary Approaches to Stop Hypertension (DASH) e o potencial inflamatório foi determinado usando o escore do Dietary Inflammatory Index (E-DII), gerados a partir de questionários de frequência alimentar autopreenchidos. Os sintomas emocionais e comportamentais foram avaliados por meio de instrumentos validados preenchidos pelas mães.

Os resultados indicaram que uma maior qualidade da dieta na gestação está associada a um menor risco de sintomas depressivos e de ansiedade, sintomas de comportamento agressivo e de TDAH nos filhos. Por outro lado, uma dieta mais pró-inflamatória foi associada ao maior risco desses sintomas, o que reitera a importância de avaliação e orientações individualizadas por um nutricionista com conhecimentos na área de materno infantil.

Referência bibliográfica


POLANSKA, K. et al. Dietary Quality and Dietary Inflammatory Potential During Pregnancy and Offspring Emotional and Behavioral Symptoms in Childhood: An Individual Participant Data Meta-analysis of Four European Cohorts. Biological Psychiatry; 89(6): 550-559, 2021.


Artigos relacionados

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *